quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

Incontido desejo


Quando eu te desejo,
Pulsa na alma uma fantasia,
Luzes cintilam como um encanto,
Agita um profundo frenesi,
Meus sonhos se enchemde vida.
De repente!Aparece o escuro,
Tu não estás aqui, O
s olhos soltam-se dos olhos à busca do porto na aurora que renasce.
Direitos reservados
Waldemar LCM

5 comentários:

Anônimo disse...

This picture smells good. D

flordanoite disse...

It has smell of flowers

Anônimo disse...

Yes, that's it. Flowers with their petals still wet from the dew. D

flordanoite disse...

Yes, exactly the freshness

Anônimo disse...

A scent that lingers in the mind well into the day. D