terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Temporal


Céu escuro, nuvens ameaçadoras,
ausência de quietude
Prenúncio de temporal de aguaceiro,
Vendaval, trovões
Vejo agora.
Respiração ofegante
Palpitações, arrepios,
Transpiração intensa
Anseio e mescla de medo-excitação.
Tempo poderoso se avizinhando
determinado-afetuoso
Gentil- dominador
Abrindo na mente humana
Expectativa, pressa temores
E relâmpagos de desejos
Dessa avalanche-amor.
O abençoado arrebatamento
da descontrolada e
ruidosa tesão
fará brotar depois
o céu limpo do cansaço
no repouso angelical
Do abandono dos corpos
Agora inertes pela obstinação
e loucura
do temporal-explosão.

JU££YE(ione)




p/
´¯`•¬»£ë†hå®gï©å«¬•´¯`

Um comentário:

O MURAL: pensamentos e divagações, ideias enfim. disse...

muito bonito eque brinca com opostos/complementares, no mesmo espirito deste meu (http://omuraljcg.blogspot.com/2009/12/chuva.html)